Detalhes da Notícia

Correios explica por que sua encomenda internacional demora para chegar

Correios explica por que sua encomenda internacional demora para chegar

Data: 16/05/2017

Já fez alguma encomenda da China e recebeu seu produto só três meses depois? Isso é comum. Para explicar mais sobre essa demora e outros detalhes, os Correios divulgaram dois vídeos com mais detalhes sobre as práticas e as modalidades de importação.

Foi apenas em 2017 que o Correios voltou a fechar o ano com lucro

De acordo com os Correios, 80% dos pacotes internacionais que chegam ao Brasil são da China. Após 20 dias até chegar ao nosso país, as encomendas vão para o Centro Internacional de Curitiba (CEINT) — e são aproximadamente 300 mil delas por dia. Depois de um processamento realizado pela Polícia Federal (é aqui que entra o fisco e a tributação), são mais de 10 dias para chegar na casa da residência (até 40 dias úteis).

Abaixo, você vê algumas modalidades de entrega dos Correios, elencados pelo pessoal do Tecnoblog:

  • Prime Exprès (Priority Mail ou e-Packet): Entrega mais rápida, em torno de 12 dias úteis com rastreamento completo e código iniciado pela letra L (exemplo: LY012345678CN).
  • Pequena encomenda registrada (registered mail, small parcels ou small packets): Entrega mais demorada (40 dias úteis), rastreamento parcial (apenas quando chega ao Brasil) e código de rastreamento com a letra R (exemplo: RB012345678CN).
  • Pequena encomenda simples (unregistered mail, small parcels ou small packets): Entrega mais demorada (40 dias úteis) e não há qualquer tipo de rastreamento.

Entre as críticas realizadas pelos Correios, as etiquetas fora do padrão foram alvo. Segundo a estatal, as encomendas vindas da China, por muitas vezes, chegam sem dados como CEP e endereço completo. Ainda, muitas delas chegam com os dados impressos em baixa qualidade de impressão. Todo esse problema exige uma triagem manual dos funcionários, o que aumenta o prazo de entrega. De acordo com os Correios, essas entregar geram perdas de R$ 1 bilhão por ano.

Foi apenas em 2017 que o Correios voltou a fechar o ano com lucro. Após quatro anos seguidos de prejuízos, a estatal fechou ano passado com R$ 667 milhões no caixa. Abaixo, você acompanha os vídeos dos Correios: Reajuste nos Correios: Associação consegue liminar que restringe aumento nos preços cobrados. 

Compartilhe essa notícia:

Mais Notícias

Mito ou verdade: hackers podem ler minhas conversas no WhatsApp?

Mito ou verdade: hackers podem ler minhas conversas no WhatsApp?

As conversas no WhatsApp possuem criptografia de ponta-a-ponta. Isso significa que tudo que você envia dentro do aplicativo está seguro e inviolável: nem a justiça cons...
Fim do silêncio: Uber muda política interna para casos de violência sexual

Fim do silêncio: Uber muda política interna para casos de violência sexual

A Uber divulgou uma mudança importante com relação à abordagem judicial de casos de violência sexual na companhia. As vítimas não precisarão...
Novos YouTube Music e YouTube Premium são oficialmente anunciados

Novos YouTube Music e YouTube Premium são oficialmente anunciados

A Google confirmou oficialmente a chegada de dois novos produtos ao mercado de entretenimento digital. Tratam-se de YouTube Music, a nova plataforma de streaming musical da companhia, e do YouTube Pre...